Sábado, 3 de Dezembro de 2005

As regras do Black Metal

bild2_gr[1].jpg

Traduzido e adaptado a partir de um texto em inglês que circula em várias versões na internet. A versão original aparentemente foi escrita por Harry and Steve of Kail, disponibilizada no site www.metalstorm.ee. Esta versão em português foi produzida pela equipe do site www.whiplash.net. Por favor mantenha esta explicação introdutória ao copiar o texto para outros sites ou ao enviar por e-mail.

O texto aqui apresentado tem um sentido estritamente humorístico e não deve ser levado a sério. Abra uma excepção caso algum de vocês seja um true black metaller. True black metallers levam a sério a sua opção de vida e não aceitam brincadeiras.

Como ser true black metal?

Sê "true".

Não sejas "gay".

Quem não é "true" é "gay".

Sê satânico.

Sê pagão.

Sê satânico e pagão ao mesmo tempo, embora isso não faça sentido.

Parte coisas enquanto fores satânico e pagão.

Faz tudo o que foi citado até aqui e ao mesmo tempo denuncia todas as formas organizadas de religião.

Não te divirtas nos espectáculos. Apenas fica lá de braços cruzados fazendo cara de mau.

Nos intervalos fica andando de um lado para outro sozinho.

Nada de bater palmas para as bandas nos concertos. Em sinal de apoio apenas ergue o braço e berra algo incompreensível fazendo cara de mau. Ninguém vai perceber que tu não conheces a banda, nem as músicas e muito menos sabes as letras.

Não toques air guitar.

Nos shows, quando o vocalista grunhir o nome de uma música de forma incompreensível, faz de conta que entendeste o que ele falou e que conheces a música.

Não rias deste texto. Rir é uma atitude incompatível com um fã de true black metal.

Lembra-te estás triste. Maldito amador.

Quando as pessoas perguntarem se gostas de Mayhen, diz que gostas apenas do Mayhem "de verdade". O novo Mayhen é totalmente mainstream.

Não brinques com animais, a não ser que "brincar" signifique "queimar".

Não sejas igual a Dani Filth.

Não sejas igual a Dani Filth.

Não sejas igual a Dani Filth.

Sodomiza uma virgem. S

odomiza qualquer coisa que não seja do sexo masculino (cuidado, animaizinhos!).

Usa o verbo "sodomizar" sempre que possível no teu dia a dia.

 Sodomizar é um verbo true.

Outros exemplos de verbos true: "vociferar", "queimar", "blasfemar".

 Vira todas as cruzes que encontrares de cabeça para baixo.

Desenha ou monta cruzes invertidas sempre que possível.

Nunca, jamais, sejas uma pessoa de mente aberta.

Vestindo-te e agindo igual a todos os outros milhares de true black metal maniacs, tu expressas a tua individualidade, o facto de não te adaptares a qualquer tipo de moda e de não quereres ser igual a ninguém.

Veste-te sempre de preto.

Usa calça preta, peúgas pretas e camisa de manga longa preta, mesmo que esteja muito quente, ou mesmo que tenhas de esperar um autocarro debaixo do sol quente ao meio dia.

Na tua camisa preta deve constar o logótipo ininteligível de uma banda de black metal norueguesa de que ninguém ouviu falar e de quem tu ouviste apenas uma demo mal gravada.

Lembra-te: quanto mais ininteligível o logótipo e quanto mais desconhecida a banda, mais true. Jamais uses bermudas. J

amais uses bonés, muito menos bonés com a aba virada para trás.

No pescoço usa uma corrente com uma cruz de cabeça para baixo ou um pentagrama invertido.

Usa braceletes com spikes e cintos de balas.

Usa arame farpado sempre que possível.

Pinta o rosto com "corpse paint".

Estando completamente vestido como um true black metaller conforme o explicado anteriormente, pega num machado, vai para a floresta e age como um troll.

Para de rir deste texto, maldito bastardo.

Fãs de black metal de verdade não riem, eu já disse! Infelizmente malditos amadores como vocês infestam a cena.

Nunca faças brincadeiras.

Anda com os olhos virados.

Não sejas igual a Mortiis (nem Dani Filth).

Bandas como Kreator e Slayer são gays mainstream que fazem música pop.

Bandas true não saem em revistas, apenas em zines urderground sem policromia na capa.

Quando questionado por uma pessoa que não é true, o que é black metal, diz algo como "Black Metal é a mais pura essência da negra maldade humana."

Tem a certeza de que, ao fim da conversa, a pessoa não faça a mínima ideia do que é black metal.

Compra facas, espadas, lanças e machados.

Como poderás ser preso se saires com estas armas na rua, guarda-as no teu quarto.

Caso a tua mãe não permita, esconde as mesmas debaixo da cama.

Para de rir, seu amador.

Faz cara de mau.

 Fãs de black metal nunca sorriem. Muito menos ao ler textos engraçadinhos na internet.

Na verdade, fãs de black metal não usam internet.

Espero que tu estejas a ler este texto em algum zine underground.

Ao saudar um outro true, a única saudação permitida é "Hail!".

Ao saudar alguém especialmente true, use "Infernal hails!".

Compra centenas de álbuns, demos e bootlegs de black metal.

Não ouças mais do que uma dúzia deles regularmente.

Se um álbum é raro, deve ser bom. Compra ou encomenda imediatamente mesmo que seja um lançamento caríssimo feito a partir de uma fita demo mal gravada que tu vais ouvir apenas uma vez.

Tu precisas de possuir todos os álbuns, demos e bootlegs dos Darkthrone, mesmo que não ouças nenhum deles.

Não use "smiles" bonitinhos quando comunicares pela internet. O único smile aceitável é -(. Não importa de onde tu és. Faz de conta que és da Noruega, e portanto, true.

Não sejas igual a Dani Filth.

Espero que isso esteja claro.

Coloca o nome de "Crucifier" no teu animal de estimação, mesmo que ele seja um peixe.

Todos os teus animais de estimação no futuro devem ter o mesmo nome.

Torna público que és um satanista e que estás em contacto com o passado pagão da antiga Noruega.

Ignora o facto de isso não fazer nenhum sentido.

Reclama da falta de divulgação das bandas underground que fazem o verdadeiro true norwegian black metal.

Reclama das bandas que têm boa divulgação e perdem a sua dignidade vendendo-se ao mainstream.

Tira fotos tuas em ambientes com neve tão fria quanto o teu coração e árvores tão mortas quanto a tua alma.

Escreve um zine underground.

Publica entrevistas e reviews de bandas de que ninguém ouviu falar. Sem cores.

O zine deve ser produzido com cópias tipo xerox. Quanto menor a tiragem, mais true.

Ao invés de perderes tempo lendo este texto em frente de um computador, poderias estar repousando por uma floresta. Envergonha-te.

 Há quanto tempo tu não ages como um troll? Põe a tua maquiagem, pega um machado e luta, soldado!

 

Como montar uma banda de true black metal?

Antes de mais nada, não montes uma banda. Monte uma "horda".

Quando alguém perguntar qual o estilo de tua banda responde: "True Norwegian Black Metal!" mesmo que todos os membros da banda sejam de um aldeia do concelho de Barcelos.

Nunca escrevas músicas com menos de 15 minutos de duração. Lembra-te... se não "rebenta" os ouvidos, uma música não é true.

Nunca escrevas músicas sem adjectivos no título.

Certifica-te de que pelo menos metade dos músicos no seu álbum sejam "músicos convidados".

Sê "músico convidado" nos álbuns de outras bandas.

Tens que ter projectos paralelos à tua banda.

Certifica-te de que todos os outros membros também tenham projectos paralelos e participa também em todos eles.

Grava todos os teus projectos no mesmo estúdio, com a mesma equipe e mesmos equipamentos que a tua banda principal.

Conduz um membro de tua banda ao suicídio. Depois diz em entrevistas que ele se matou por não concordar com a cena ser infestada pelo mainstream.

Junta-te a antigos membros da banda e lança um álbum. Quando ele não fizer sucesso diz que isso aconteceu porque é um álbum true de uma banda que ainda não foi corrompida pelo mainstream.

O título do teu álbum deve ser composto de três palavras de difícil relação uma com a outra. Dimmu Borgir são os mestres nisso. Por exemplo: "Enthrone Darkness Triumphant", "Spiritual Black Dimensions", "Puritanical Euphoric Misanthropia", "Godless Savage Garden".

Se possível, o título de teu álbum deve conter a palavra "Northern".

Certifica-te de que a capa do álbum consiste em gravuras com o máximo de três cores. As cores permitidas são o preto, branco e cinza.

Nos créditos do álbum indica os membros de tua horda por pseudónimos. Nada de nomes reais.

Pseudónimos são true.

Além do mais a não publicação dos nomes de verdade faz supor que os membros da tua banda são fugitivos da justiça por queimarem igrejas e sacrificarem seres humanos.

Nos créditos do álbum indica a função de cada músico com termos como "vociferations" e "infernal blasts" ao invés de "vocalista" e "baterista" e assim por diante.

Cantar em português não é true.

Cantar em inglês arcaico é o mínimo aceitável.

O ideal é cantar em alemão, em norueguês ou no dialeto dos orcs.

Nas tuas letras denuncia todas as formas organizadas de religião.

Em cada uma delas cita Satanás pelo menos cinco vezes.

Mulheres não têm lugar no mundo homo erótico do black metal.

Se a tua namorada insiste em participar no álbum, escreve para ela um excerto abordando conteúdos imbecis.

Certifica-te de que o teu álbum sai do catálogo três anos após ter sido produzido. Isso irá tornará-lo mais desconhecido e, portanto, mais true.

Nos shows, grunha os nomes das músicas de forma incompreensível.

Em entrevistas deixa claro que a tua banda é contra qualquer forma organizada de religião.

Na mesma entrevista usa a palavra Satanás pelo menos 30 vezes.

O logótipo de sua banda deve ser ilegível e deve conter pelo menos uma cruz de cabeça para baixo ou um pentagrama.

Este logótipo deve ser desenvolvido desenhando no teu caderno durante as aulas de matemática.

Diz que não gostas de ser entrevistado, mas aceita todas as entrevistas que te sejam oferecidas, principalmente para fanzines de que ninguém ouviu falar e que são, portanto, os mais true.


publicado por Metalurgia Sonora às 00:12
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 8 de Dezembro de 2005 às 22:22
Quiosk: esta não é uma foto dos Kiss!!! Mas sim de uma banda de Black Metal!!! Abraço!Metalurgia sonora
(http://metalurgiasonora.blogs.sapo.pt)
(mailto:loureiro1977@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 13:01
:D:D:D Grande manual!!!! Agora a foto dos Kissssss... um pouco apaneleirado, não será! :D:D:D Abraçola!Quioske
(http://www.quioske.blogspot.com)
(mailto:fmaav@portugalmail.com)


De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 15:31
Bolas, bolas, deu para rir com algumas (com a maioria, digo), eu estou quase lá!Só me falta mesmo deitar gasolina no rabo dos bichos e atear rssss, (ai se a protecção dos animais me ouve). Fiquem bem, boa semanitaElsita
(http://ritmos.blogs.sapo.pt)
(mailto:elsita05@sapo.pt)


De Darkness undead of shadows a 24 de Dezembro de 2009 às 04:41
num deu pra num ri fora isso to quase la ja queimei o meu amigo imaginario e meu cachorrinho (num era bem meu, mas queimei) pena que ele nunca existiu.
escolhui bemo meu nome?

e lembren-se errar é humano viva os orcs (se vcs num são true viva os elfos)


Comentar post

.pesquisar

 

.Vídeo em Destaque

AMORPHIS- "You I Need" Álbum: The Beginning Of Times; Nuclear Blast

.posts recentes

. NOVO ENDEREÇO

. NO SKY TODAY com novo víd...

. SHADOWSIDE divulgam novas...

. NEBULAH editam álbum de e...

. BRUTEFORCE lançam EP de e...

.links

.Parcerias

Hosted by imgur.com

.arquivos

Hosted by imgur.com Hosted by imgur.com
blogs SAPO

.subscrever feeds

.Visitantes



forex trading Counters